O Trono da justiça – Xangô e Egunitá

Publicado por cartascompedro em

O Trono da justiça – Xangô e Egunitá, damos continuidade a essa jornada com o terceiro trono da semana, o trono divino da justiça cujo as suas forças são assentadas quarta feira e é o trono que irradia a todos os seres a justiça divina, a razão e o equilíbrio.
Como falamos ontem no trono da lei, em nosso planeta habitam 14 forças que são regentes universais e cósmicos de 7 princípios divinos (fé, amor, evolução, geração, lei, justiça, e conhecimento).

O Trono da justiça - Xangô e Egunitá

O Trono da justiça

Hoje abordaremos sobre o trono da justiça, regido por duas energias, uma masculina e outra feminina, uma positiva e outra negativa, o perfeito equilíbrio é entoado por duas forças, cada cultura da antiguidade tinham nomenclaturas diferentes para cada força, nós iremos chama-los de orixá (força divina da natureza).
 
No campo magnético positivo, masculino e irradiante, está assentado o Orixá Xangô, cuja qualidade é Irradiar justiça trazendo o equilibro a humanidade, a ele é entregue a responsabilidade da aplicação do julgamento, Xangô rege as pedreiras, o trovão, o fogo celestial, a justiça, a meritocracia, a imparcialidade, etc.
 
No campo magnético negativo, feminino e absorvente está assentada a Orixá Egunitá, cuja a qualidade é consumir os vícios e desequilíbrios e faz a purificação dos templos religiosos, do intimo dos seres e e de suas residências com seu fogo divino. Ela atua para nos proteger e amparar das magias negativas e das injustiças, mas sempre a partir de uma auto-purificação, para então nos renovar. Isto é, primeiro Ela faz uma purificação em nós mesmos, para nos renovar: purificação de conceitos e idéias antigas aos quais nos apegamos e que nos prejudicam; purificação dos nossos vícios de comportamento etc.
 
Muito confundem lei com justiça, alguns pensam ser a mesma coisa mais realmente falamos de assuntos diferentes, mesmo um sendo tão ligado ao outro, são tronos distintos mais em perfeita sintonia e entrelaçamento, mesmo sendo temas diferentes um depende do outro para a perfeita harmonia e existe espiritualmente uma estreita ligação entre Justiça e Lei, pois quando se fala em Justiça logo se pensa na Lei que dá base para a atuação da Justiça, e quando se fala em Lei logo se pensa na Justiça que aplica a Lei.
 
Na Linha da Justiça divina temos o par do elemento Fogo nos Orixás Xangô e Egunitá.
E na linha da Lei temos o par do elemento Ar nos Orixás Ogum e Iansã. não a fogo sem ar, assim como não há justiça se não houver alguém para aplica-lá.
 
Xangô e Ogum são Orixás Universais e tem atuação passiva, isto é, irradiam de forma continua e dão sustentação e amparo a todos os seres que vivem com equilíbrio os Sentidos da Justiça e da Lei, mas não forçam ninguém a isso.
 
Já Egunitá e Iansã são Orixás Cósmicos e atuam basicamente atraindo os seres que se desequilibraram nestes Sentidos da vida, para corrigi-los e recoloca-los num caminho reto; embora também amparem aqueles que os vivem com equilíbrio.
 
Na linha elemental da Justiça, ígnea por excelência, Xangô e Egunitá são os pólos magnéticos opostos. Por isto eles se polarizam com a linha da Lei, que é eólica por excelência, Logo, Xangô polariza-se com a eólica Iansã e Egunitá polariza-se com o eólico Ogum, criando duas linhas mistas ou linhas regentes do Ritual de Umbanda Sagrada.
Hoje deixo para vocês algumas formas de pedir auxilio ao trono da justiça, para:
-Obter justiça em determinado assunto;
-Consumir energias negativas;
-Consumir a ação de magias e feitiços;
-Ter mais razão e ponderação;
-Ter mais equilíbrio e auto segurança;
-Purificar-se
 

Velas para o trono da justiça

Marrom, vermelha, Laranja-acender sempre as Quartas feiras
para pedir justiça (quando o sol estiver subindo) 06:00;
para consumir, energias negativas, demandas (quando o sol estiver descendo) 18:00;

Pedras para o trono da justiça

pedra rolada, rubi, ágata de fogo
ótimas para a entrada da casa para consumir energias negativas, livrar nos de injustiças materiais e espirituais
 

Ervas com a energia de xangô

Ervas quente de Xangô: Valeriana, Pata de vaca, Casca de tamarindo
Verbos: Condensar, Calar, Cravar, Pregar
Ervas mornas de Xangô: Trapoeraba, Rabanete, Menta, Salsaparrilha, Coentro
Verbos: Aprender, Concentrar, Racionalizar

Ervas com a energia de Egunitá 

Ervas de quente de Egunitá: Arruda, Jurema preta, eucalipto, Folha de limão, Para raio
Verbos: Queimar, Consumir
Ervas mornas de Egunitá: Açafrão, Arnica do mato, Artemísia, Semente de guaraná, Folha de laranja
Verbos: Energizar, Inflamar, Estimular, Excitar

 


 
Espero que tenham gostado, deixe seu like, curta e compartilhe nosso blog e postagens e acompanhem as novidades em nossa loja esotérica aqui no site:https://cartascompedro.com/loja
Amanhã falaremos sobre o trono do conhecimento,não percam !!!!
 
 
 
Compartilhe...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.