O Trono do Amor – Oxum e Oxumaré

Publicado por cartascompedro em

O trono do amor – Oxum e Oxumaré, damos continuidade a essa jornada com o trono divino do amor cujo as suas forças são assentadas no sábado e é o trono que irradia a todos os seres vivos o amor divino, a renovação dos seres, a união, e favorece a conquista da riqueza espiritual e a abundância material.
 
Como falamos sexta feira no trono da geração, em nosso planeta habitam 14 forças que são regentes universais e cósmicos de 7 princípios divinos (fé, amor, evolução, geração, lei, justiça, e conhecimento).

 

O Trono do Amor - Oxum e Oxumaré

 O Trono do Amor

Hoje abordaremos sobre o trono do Amor, Penúltimo trono de nossa série, regido por duas energias, uma masculina e outra feminina, uma positiva e outra negativa, o perfeito equilíbrio é entoado por duas forças, cada cultura da antiguidade tinham nomenclaturas diferentes para cada força, nós iremos chama-los de orixá (força divina da natureza).
 
No campo magnético positivo, feminino e irradiante, está assentada a Orixá do amor Oxum, cuja a qualidade é irradiar o amor o tempo todo de forma passiva não forçando ninguém a vivenciá-lo, mas sustentando a todos que têm amor.
Oxum é o fator agregador e conceptivo, e traz a energia e o magnetismo, de Amor, que agrega e une desde os átomos e planetas até as pessoas. Também atua nas concepções através dessas uniões que se estabelecem a partir de suas qualidades.
 
No campo magnético negativo, masculino e absorvente está assentada o Orixá Oxumaré cuja qualidade é absorve o amor em desequilíbrio de forma ativa, reconduzindo o ser ao caminho do equilíbrio, pune quem dá mau uso ou se aproveita dessa qualidade divina com más ­intenções. Fator renovador, atua “reciclando”, renovando, a vida do ser. Divindade da alegria, nos ajuda também a sermos mais crianças, puros. Elemento cristalino-mineral muito presente nas cachoeiras. Sua cor é o colorido do arco-íris.
 
Oxum é a força dos rios, que correm sempre adiante, levando e distribuindo pelo mundo sua água que mata a sede. É a Mãe da água doce e Rainha das cachoeiras. Orixá da prosperidade e da riqueza interior, ela é a manifestação do Amor, puro, real, maduro, sensível e incondicional, por isso é associada à maternidade e ligada ao desenvolvimento da criança ainda no ventre da mãe. É Oxum que gera o nascimento de novas vidas que estarão no período de gestação numa bolsa de água – como ela, Oxum, rainha das água doces.
 
Já Oxumaré dilui a religiosidade já estabelecida na mente de um ser e o conduz, emocionalmente, a outra religião, cuja doutrina o auxiliará a evoluir no caminho reto. Renovação, eis a palavra chave que bem define o divino Oxumaré que, em seu aspecto negativo, tem um mistério escuro chamado por nós de “Sete Cobras” ou “Sete Caminhos Tortuosos”, que é por onde transitam todos os seres que saíram do caminho reto e entraram nos desvios da vida, que sempre conduzem aos caminhos da morte.
 
Bem, já falamos sobre vários aspectos do nosso pai Oxumaré e de nossa amada mãe Oxum, que formam um par energético, magnético, vibratório que dá formação à segunda linha de Umbanda, que é a linha do Amor ou da Concepção.
Deixo para vocês algumas formas de pedir auxilio ao trono do amor para:
-Harmonizar seu campo amoroso; -Renovar caminhos amorosos; -Harmonizar o âmbito familiar; -Amparar a maternidade em seu inicio;
-Pedir Riqueza espiritual
-Renovação;
-Abundância Material

Velas para o trono do amor 

Azul escura, Azul Petróleo, Amarelo, Laranja Acender sempre aos sábados.

Pedras para o trono do amor

Pirita, Quartzo rosa, Fluorita ótimas equilibrar o chakra cardíaco, chakra do coração, do amor e do sentimento sendo a fluorita uma pedra que indico para renovação.

Ervas com a energia de Oxum

Ervas quente de Oxum: Cipó cabeludo, Cipó seda, Buchinha do norte.
Verbos:Amolecer, Aprofundar, Aproximar, Estreitar
Ervas mornas de Oxum: Alfavaca, Calêndula, Camomila, Carqueja amarga, Folha de melissa
Verbos: Abastar, Prosperar, Agregar, Unir, Melhorar, Florescer

Ervas com a energia de Oxumaré

Ervas quente de Oxumaré: Angico, Dandá, Espinheira santa
Verbos: Calar, Enraizar, Resolver, Diluir
Ervas mornas de Oxumaré: Raiz de Açafrão, Raiz de Angélica, Barbatimão, Graviola, Manjerona, Bálsamo, Catinga da mulata.
Verbos: Renovar, Restaurar, Colorir, Abrilhantar

Espero que tenham gostado, deixe seu like, curta e compartilhe nosso blog e postagens e acompanhem as novidades em nossa loja esotérica aqui no 

Amanhã falaremos sobre o trono da fé, último trono da nossa série não percam !!!!


 
 Conheça nossa ferramenta de conselhos – Tarot do dia
 
 
 
Compartilhe...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.